Afinal, o que é Marketing Olfativo?

O que é Marketing Olfativo? Como usar marketing olfativo em empresa?
Descubra como utilizar aromatizadores para vender mais!

 

Afinal, o que é Marketing Olfativo?

 

Para começar a entender o marketing olfativo, nós temos que falar antes do olfato.

O olfato é o mais apurado dos nossos cinco sentidos, por ser o único que se conecta diretamente com o nosso sistema límbico, que é o responsável pelas nossas emoções. Tem pessoas que são levadas ao passado após cheirar algo que lembra da comida da avó, tem gente que lembra do ex ou da ex quando sente um perfume. Todos nós temos cheiros marcados na nossa vida. É incrível como conseguimos reviver momentos ao senti-los.

E não tem para onde fugir! Não há como evitar cheirar ou filtrar informações olfativas. Com todos os outros sentidos, você consegue pensar antes de ter alguma reação. Mas o olfato não, ele te gera uma reação imediata, que pode ser positiva ou negativa, antes mesmo de dar tempo de pensar. Nós respiramos 20.000 vezes por dia. Como resultado disso, o canal olfativo oferece alto potencial para envio de mensagens publicitárias ao consumidor.

Então, como podemos definir o marketing olfativo?

Existem alguns conceitos para defini-lo normalmente vinculados a e especialistas do assunto no exterior, mas criei uma definição que sintetiza muito como eu vejo esse mercado.

“O Marketing Olfativo é um recurso estratégico que alia ciência e aromas para despertar novas sensações e emoções positivas.”

Pareceu confuso? Calma que vamos explicar.

Na prática, o Marketing Olfativo é a forma com que as empresas se comunicam com os clientes, de forma subliminar e atingindo o subconsciente, através de aromas cuidadosamente selecionados.

Aqui não se trata de ter um cheiro qualquer no local, mas sim algo que possa de fato influenciar seu cliente a permanecer mais tempo no local, comprar mais e ter um vínculo emocional com sua marca, guardando-a na memória.

Sabe quando você entra em grandes lojas, principalmente em shoppings, e consegue perceber uma fragrância agradável no ambiente? Pois é, aquela fragrância não está ali por acaso. Ela foi desenvolvida para agir no seu subconsciente, te proporcionando sensações positivas que possam estimular sua necessidade de compra. 

O fato é que: cheiros ajudam a vender. As empresas grandes sabem disso e por isso apostam nesse marketing sensorial, e extremamente eficaz. Ou será que é uma enorme coincidência que todas as grandes marcas mundiais utilizem essa estratégia, todas as lojas mais sofisticadas dos shoppings resolveram fazer isso para perder dinheiro? Te garanto que não.

Agora você deve estar pensando: ah, mas então isso é coisa de empresa que tem muito dinheiro! Esse é o grande mito desse mercado. Claro, todas as ações de marketing demandam investimento, mas utilizar marketing olfativo em empresas pode ser muito, mas muito mais barato do que as ações de marketing tradicional e digital.

Esse mito é um dos motivos para essa estratégia não ser tão conhecida quanto deveria. O outro motivo é que as pessoas ainda não se deram conta de como podem ganhar dinheiro com isso, seja prestando serviços/empreendendo na área, ou aplicando no seu ponto de venda.

Agora que você já sabe que marketing olfativo não demanda grande investimento, é preciso deixar outra coisa bem clara: marketing olfativo não é, em hipótese alguma, apenas ter um cheiro qualquer no ambiente, sendo colocado de qualquer forma. Isso seria uma simples aromatização, que inclusive pode ter resultado contrário ao desejado, por isso não esqueça o conceito que, que vale repetir: “O Marketing Olfativo é um recurso estratégico que alia ciência e aromas para despertar novas sensações e emoções positivas”.

Se estiver precisando de ajuda para implantar essa ferramenta, a aromist pode te ajudar. Clique aqui e saiba mais.

 

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *